Tutorial: Como preencher um formulário rafflecopter

Resenha: A Jornada

7 de set de 2012

Boa noite!

Nesse feriado, revolvi escrever uma resenha de um livro que me emocionou bastante: A Jornada - Erin E. Moulton.



Título: A Jornada
Autora:   Erin E. Moulton
Ano: 2011
Páginas: 200
Editora: Novo Conceito
Classificação: Muito bom

Sinopse: “A história começa lá em casa. Na montanha. Cinco quilômetros morro acima em uma rua poeirenta e esburacada, passando pelo pomar de Mr. Benny, logo depois da banca de legumes da Nanny Ann. Estamos no outono, minha estação favorita. E em poucos dias será meu feriado favorito: Halloween. É isso aí, aqui em Canton Creek Turnpike, é tempo de pegar doces e esculpir abóboras.” Quando as crianças ouvem histórias sobre lendas, mistérios e milagres, só podemos imaginar – de longe – o que estes contos podem significar em suas mentes. A história de A jornada surge assim: de uma senhora misteriosa, que vive entre as águas da floresta e é capaz de realizar milagres, a uma linda e comovente narrativa sobre o amor entre irmãs. Ao nascer fraquinha, com a vida em risco, Lilly desperta em suas irmãs uma necessidade heroica de providências. Tocadas pela tristeza que abate a família, elas se arriscam em uma jornada cheia de aventuras e situações muito incomuns. Entre florestas, quedas de água, pântanos, barulhos assustadores e caçadores nada agradáveis, as meninas lutam pela própria vida enquanto buscam a água milagrosa que deverá salvar sua irmãzinha. Um conto de fadas contemporâneo, escrito de forma sensível, que envolve o leitor nas maluquices das garotas e que é capaz de encantar e enternecer.

No início da história, somos apresentados a uma família muito amorosa e carinhosa que vivia no alto de uma montanha. As irmãs Maple, a do meio de 9 anos, Dawn, a mais velha de 11 anos e Beetle, a mais nova com apenas 2 anos, seu cachorro Xereta e seus pais. Tudo ia bem até o nascimento prematuro de Lilly, que veio a esse mundo com o coração fraco demais, apenas um milagre a faria sobreviver.    

Movidas pela esperança e pelo amor a sua irmã, Maple e Dawn, irão se aventurar na floresta da Montanha Green, em busca da água milagrosa da Mulher Sábia da Montanha. Mas para isso, irão enfrentar muitos perigos. Mas para essas irmãs, a esperança é a última que morre.

Amor e esperança são tudo que o livro demonstra através de suas 200 páginas. Duas crianças, movidas pela esperança de salvar sua pequena irmã, através de uma lenda, e se deixam levar por isso, enfrentam diversos perigoso dentro de uma floresta com animais selvagens e caçadores clandestinos, só para poder salvar Lilly. Uma lição de vida e de esperança, que nos mostra, que não devemos desistir de nossos objetivos, por mais difíceis e complicados que sejam.

O livro é narrado por Maple em primeira pessoa, de forma simples, emocionante, especial e tocante. Demonstra a esperança, a crença, inocência e ingenuidade das crianças, depositando sua fé em coisas tão simbólicas.

Para mim, o único problema da história, foi a idade de Maple, ela não parecia ter apenas 9 anos, pois tinha atitudes muito maduras, se ela tivesse uns 13 anos, convenceria mais o leitor, do que com ela com apenas 9 anos, mas com exceção disso, a história é incrível, bonita e demonstra um amor fraternal, de uma forma simples repleta de esperança, superação e transformar das personagens.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

17 comentários:

  1. Que livro lindo, Bianca. Não conhecia essa história e ela parece ser bem emocionante mesmo. *-* Adorei a dica e sua resenha.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Deve ser mesmo emocionante. Sabeu que ma criança faz de tudo pela esperança de salvar um familiar.
    Mas esse ponto negativo de ela ter apenas 9 anos é pouca coisa.
    Não conhecia esse livro não. Mas gostei da resenha.
    Me lembra um pouco enrolados né? Da plantinha que cura . rsrs
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Me apaixonei pela sinopse desse livro. Estou só esperando o meu chegar aqui em casa para me emocionar com a história também. Sua resenha ficou encantadora.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Sempre achei essa capa bem bonita, mas nem imaginava do que se tratava a história. Com sua resenha, fiquei com muita vontade de ler. Parece mesmo uma história muito emocionante e tocante. Já entrou para a lista! E como não são muitas páginas, acho que vale a pena ler pelo exemplo de esperança.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Toda resenha que leio desse livro é positiva, ele parece ter uma bela história. É bem verdade que uma personagem madura demais pra idade não convence, mas pelo menos esse simples detalhe não interfere na leitura.

    Bye.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, eu achava que esse livro fosse completamente diferente.

    Só tinha visto a capa e a sinopse, mas não tinha lido nada mais profundo sobre ele.

    Confesso que a sua resenha fez eu me apaixonar..Muito legal.

    Deve ser muito emocionante e deve ter um que de aventura, também...Sem dúvida irei ler. Ótima resenha, fez eu me empolgar mesmo.

    Bjinho

    ResponderExcluir
  7. Eu já tinha lido uma resenha desse livro e nele a pessoa também se incomodou com a idade dita para o personagem e suas atitudes, acho que o autora que isso como uma forma de cativar o leitor e demonstrar que a idade não importa e sim as atitudes, mas eu acho um pouco estranho também.
    Espero lê-lo em breve, amei a resenha :)

    ResponderExcluir
  8. Achei tão fofo esse livro. Li a pouco mais de um mês, ou dois, e foi uma experiencia bem legal. O livro, quando comecei a ler, era bem infantil e diferente dos que eu estava lendo. Mesmo assim foi muito gostoso de ler. É uma história boa.

    ResponderExcluir
  9. É uma aventura bem legal! Já tinha lido outra resenha sobre ele, e acredito que as pessoas estam gostando dele!
    Isso só me faz ficar bem interessada em le-lo. A capa é uma coisa fofa!
    E sobre a garota de 9 anos, é esperta demais não!
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Deve ser muito bom, fiquei com vontade de ler. Nunca li nem um livro nesse estilo (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obs: Em relação a idade da menina, será que o autor n queria mostrar q crianças tbm podem ter maturidade?

      Excluir
    2. Eu acho que a autora quis mostrar isso que você disse João, maturidade das crianças.

      Excluir
  11. Eu já li o livro e a Maple é muito fofa! A maneira que ela demostra o amor e a fé é simplesmente o máximo.

    ResponderExcluir
  12. nossa só pela Sinopse da pra ver que livro emocionante é, quando eu vi a capa pensei em uma historia totalmente diferente rs

    ResponderExcluir
  13. A história desse livro parece ser linda. A Maple deve ser uma fofinha :)

    ResponderExcluir
  14. A capa desse livro é bonita, me encantei pela sinopse. já li outra resenha positiva sobre esse livro, mas não lembro de ter mencionado sobre a idade da Maple mesmo assim o livro parece ser bem cativante!!!

    ResponderExcluir
  15. LOL que pai e mãe mais desnaturados né? deixar duas crianças saírem sozinhas pela floresta! auhauha parece ser bem interessante o livro .. mas uma criança pode sim ter atitudes maduras. como existem homens de 13 anos existem moleques de 30 ..

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2014. Todos os Direitos Reservados.