Tutorial: Como preencher um formulário rafflecopter

Resenha: O Aprendiz de Feiticeiro

26 de jul de 2012
O Aprendiz de Feiticeiro

Titulo Original: The Sorcerer’s Apprentice
Direção: Jon Turteltaub
História: Lawrence Konner, Mark Rosenthal e Matt Lopez
Roteiro: Matt Lopez, Doug Miro e Carlo Bernard
Elenco: Nicolas Cage, Jay Baruchel, Alfred Molina, Tereza Palmer, Toby Keebel, Monica Belucci e Alice Krige
Produção: Walt Disney, Jerry Bruckheimer Films, Saturn Films, Broken Roas Productions
Distribuição: Buena Vista
Avaliação: Bom


Desde o ano 2001, com a chegada do primeiro filme do bruxinho Harry Potter e do primeiro capítulo da trilogia, O Senhor dos Anéis, aos cinemas, todos os filmes hollywoodianos sobre fantasia, passaram a serem adaptações de Best Sellers. Comecei a achar que o cinema havia perdido a originalidade de criar boas aventuras fantásticas.

Até que em 2009, a Walt Disney, produziu a fantasia, O Aprendiz de Feiticeiro.

O filme começa no ano de 740 depois de Cristo, o maior feiticeiro de todos os tempos, Merlin, possuía três aprendizes de confiança, Balthazar (Nicolas Cage), Hovarth (Alfred Molina) e Veronica (Monica Belutch), mas Hovarth traiu a confiança de Merlin, aliando-se a arquiinimiga do mago, Morgana (Alice Krige), para dominar o mundo com um feitiço capaz de controlar os mortos.

Para impedir que isso aconteça, Veronica aprisiona Morgana em seu corpo, fazendo Balthazar, prendê-las em um receptáculo em forma de boneca Russa.

Balthazar protege o receptáculo e aprisiona vários feiticeiros malignos dentro dele, entre eles Hovarth.  Séculos se passam até Balthazar encontrar o último Merliniano, uma criança que com o decorrer do tempo se tornaria tão poderoso quanto Merlin e o único capaz de derrotar Morgana. 


No ano 2000, na cidade de Nova York, Balthazar encontra o jovem Dave, de 9 anos, que antes de começar seu treinamento liberta acidentalmente Hovarth do receptáculo. Balthazar trava uma batalha com ele e se tranca com o feiticeiro maligno em um jarro enfeitiçado. Dez anos depois, Dave está vivendo uma vida pacata isolando-se do mundo, enquanto estuda física, quando Hovarth se liberta do jarro junto com Balthazar e ambos vão atrás do jovem.

Hovarth quer encontrar o receptáculo para libertar Morgana e junto com ela dominar o mundo. Cabe a Balthazar ensinar Dave a se tornar um feiticeiro de verdade, enquanto o rapaz só quer saber de ter uma vida normal e conquistar a garota dos seus sonhos, Becky (Tereza Palmer). Aventura, humor, efeitos especiais na medida de uma aventura Disney.

O filme tem vários momentos de aulas básicas de física, junto com teorias sobre a magia, como se ela realmente fosse possível, isso tenta aproximar a história da realidade, o que torna um ponto positivo.

A produção é bastante caprichada com efeitos especiais bem elaborados, a trilha sonora composta por Trevor Rabin (A Rocha), da um toque especial as cenas de ação, e o jeito desajeitado do ator Jay Baruchel, garantem boas gargalhadas.




Mas o que me chamou a atenção foi a homenagem ao clássico dirigido por Walt Disney, Fantasia de 1940, uma animação sem falas, que deixa a música clássica falar por si. A cena em que Dave tenta lavar o laboratório dando vida as vassouras e aos objetos de limpeza, que se rebelam contra o jovem, usa a mesma música do longa animado da Disney.  Uma homenagem mais do que perfeita.

Mas como nada é perfeito, alguns detalhes me incomodaram, como furos no roteiro, alguns apenas para garantir a aparição das marcas dos patrocinadores. A cena de perseguição de carros, nas ruas de Nova York, entre Balthazar e Hovarth, mostra isso, embora tenha sido tão sutil, que mal dá para perceber que os feiticeiros sabiam de modelos de carros recentes, que sugiram enquando eles ainda estavam presos no jarro. Além disso, tem o ator mirim que interpreta Dave quando criança, que é tão ruim que da para perceber ele rindo em momentos que não deve, deixando claro que está brincando de ser ator.

O filme é divertido e bem produzido, tem as falhas básicas no roteiro, mas diverte na medida, com um roteiro simples e sem grandes inovações.

Curiosidades


  • O ator Nicolas Cage recebeu o roteiro de um amigo, ele gostou e o levou para o diretor, Jon Turteltaub (que havia dirigido o ator nos dois filmes de, A Lenda do Tesouro Perdido, também da Disney), que aceitou o desafio de dirigir o filme.
  • Na maioria das cenas, o diretor evitou usar efeitos de computação gráfica para garantir mais naturalidade dos atores. Quando os feiticeiros lançam energia de suas mãos eles estão com uma luva que ilumina a palma das mãos deles com uma luz azul.
  • Praticamente todos os filmes que Nicolas Cage atuou para a Disney/Thouchstone Pictures, foram produzidos pela Jerry Bruckheimer Films.
  • Jerry Bruckheimer é produtor executivo de várias séries investigativas, dentre elas, Cold Case (Arquivo Morto), CSI – Investigação Criminal (NY, Miami), Without a Trace (Desaparecidos), The Forgotten (Os Esquecidos) e Close To Home (Em Nome da Justiça).
  • Foram necessários 14 tanques de 20 quilos de propano para alimentar o fogo que aparece durante a batalha final do filme.
  • O diretor, Jon Turteltaub, não conseguia ficar sem rir durante as palhaçadas do ator, Jay Baruchel enquanto atuava.
  • Após os créditos finais tem uma deixa para um novo inimigo e possivelmente uma continuação, que até o momento não está entre os projetos da Disney.
  • A cena em que os esfregões ganham vida foi feita com dubles vestidos de verde segurando os objetos de limpeza.



Trailer

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

  1. Adoro esse filme, super original. Não lembro muito bem das cenas =/, preciso rever.
    Gosta da parte do Dave com a B. no laboratório. Só lembro dessa.
    Ouvir ou ler os nomes Merlin e Morgana, me faz lembrar da série Merlin. ^^
    Gostei das curiosidades, nunca ia imaginar que era ma luva com uma luz azul.

    ResponderExcluir
  2. Eu já vi esse filme e, apesar de não lembrar dos detalhes, eu achei bem legal :)

    http://autoracarolinaribeiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. sempre gosto de ta vendo filmes, ainda mais quando alguem faz um resenha legal e positiva sobre o filme, vou correr atras desse filme pra da uma conferida,

    ResponderExcluir

 
© Copyright 2014. Todos os Direitos Reservados.